terça-feira, 31 de maio de 2011


Serei boa menina
Serei comportadinha
Só esperar o dia... a hora... o momento.
E lá estarei eu, ajoelhadinha, olhando pra baixo...sendo o que sempre fui
uma boa cadelinha.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Para inspirar o Final de Semana

É assim que uma cadela gosta de ser tratada....suspiros...
Ai que invejinha do tratamento VIP rsrs
video
É desejo de minha boca...que me beijes...
É desejo de meu corpo, que me toques....
É desejo de meu sexo, ser penetrada por ti....

É desejo de minha alma, que me completes....

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Cadela refletindo...

Pensando sobre a vida de submissa.
Já tive experiência, uma apenas, mas que durou por um bom tempo, e como toda relação, BDSM ou baunilha, com altos e baixos, infelizmente no caso mais baixos que altos, tanto que quando acabou, "desisti" do BDSM...como se fosse fácil desistir, e possível. Pois uma vez cadela, para sempre cadela.
Servir é bom, se sentir como peça de alguém, ter alguém que é Dono de nós,vela, cuida, e corrige nossos erros.
Não acredito na tal proteção de Dom. Isso me passa idéia de fragilidade, e como submissa,  a última coisa que uma sub é "frágil". E o Dom não irá para um acampamento nem saírá comigo em uma capital depois da uma da manhã para me "proteger" de marginais....
Ser submissa não é pra qualquer uma
Não é tão simples assim entregar seu corpo, sua alma e sua mente á outro.
Tem que ser muito forte, decidida, segura.
Se não há um desses itens, é fadado ao fracasso a relação. A mulher insegura, tanto sub como não, tem dificuldades em levar um relacionamento sadio.
E nós vivemos correndo riscos. Pois podem me crucificar agora, dizer que tenho desvios psicológicos, e que não sou sub de verdade e blá blá blá.... mas o risco de misturar os sentimentos existe, e isso é fato.
Principalmente pelo lado submisso. Pois pra ser sub precisa amar e muito o Dono.
E minha questão é; devo correr esse risco novamente? Como meu ex- Dono mesmo já disse : " não pense nisso, você apenas teve uma experiência negativa". Assim espero.
E quando saberei que estou além da linha tênue do S&M?
Tenho cá essas dúvidas...não desejo continuar tendo, pois quero fazer como fiz antes, me entregar totalmente. Pois sou Intensa, ardente, e não sei me entregar pela metade.
Meu corpo pede, clama, implora por isso.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Vem....

Te convido a conhecer meu mundo...
Que poderá ser teu...
E dentro dele trago prazer...luxúria...
Pois é assim o mundo secreto das cadelinhas...
Vivemos ali quietinhas e alertas
Esperando a chegada do Dono
Para felizes abanarmos o rabinho
A orelha em estado de alerta
A língua de fora
E os olhos brilhantes e atentos!
Pulamos, nos refestelamos..
E em sinal de submissão nunca encaramos o Dono!
E para mostrar como somos obedientes,
Oferecemos o corpinho que nem nos pertence mais, pois é do Dono.
E mesmo quando somos castigadas, amamos ainda mais aquele que nos deu a coleira.
Vida feliz a vida de Cadela!

Cadela que ferve...



Dessa maneira é impossível ter paz
Ter sossego
Ter um dia normal...
Pois o desejo latente..fervente...ardente..pulsa em mim.
Sinto meu sexo queimar
Flamejar
Latejar...
Como gosto de dizer.."piscar"
É um desejo sufocante...angustiante.
Nada cessa ele, nada apaga ele.
Só apagará quando um Grande Rei Dominador...me dominar, me tomar pra si, como sua serva...
Ai esse dia que não chega!!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Tua...kadela



"Doce criatura que mansamente me despertou e me encantou,quero ser tua escrava teu objeto e teu passatempo,quero um dia poder me ajoelhar a teus pés e na minha entrega te pertencer.Ser eu mesma com carinhos seus,ser marcada na pele e na alma e dedicar minhas alegrias... e como Dono de meu corpo e meus pensamentos...Vai tornar-se meu Senhor... sua kadela".
Autora Justine
http://angynhadiabinha.blogspot.com

domingo, 22 de maio de 2011


Um dia ainda irei realizar com você tudo aquilo que se passa em minha mente.
Todos os meus desejos de noites solitárias serão satisfeitos.
Sei que seu corpo inteiro se fundirá ao meu..
Sua boca beijará a minha e suas mãos me tocarão fortemente.
Serás meu Senhor.
Irei apanhar...irás me morder;
Eu irei te lamber e sentir teu gosto.
Ao possuir meu corpo, serei o motivo de teu gozo
Estarei feliz em realizar teus sonhos.
Ficarei trancada em um quarto por uns três dias....
Porém, enquanto não posso fazer nada disso, continuo alimentando a minha fantasia.

Estação do Cio

Esse Cio que não cessa
Esse desejo louco que só aumenta
Essa fome de ti
Fome do teu corpo
Do teu gosto
Vontade de teu cheiro
Vontade de devorar
De ser devorada
Ter cada parte do meu corpo inpecionada
Tocada, sentida e marcada...
É triste essa minha vida de vadia...


Fico só escorrendo
Molhando
Delirando...
Vem logo vem...
Dar cabo desse cio incontrolável.


sexta-feira, 20 de maio de 2011

Cadela sem Jóia

A coleira é uma jóia.
Reluz mais que brilhante
Mais ostentativa que o ouro
Mais linda que a esmeralda ou o rubi.
Porque sua representação é muito maior que qualquer valor material, é o valor sentimental.
Ela representa que alguém cuida de nós
Nos guia
Nos ama
Nos coloca em nosso devido lugar...o lugar de cadela.
Cadelas sem coleira, são iguais vira latas esperando adoção...
Algumas mansas, pedindo colo, implorando  um lar...
Tem aquele olhar pidão...que ninguém resiste.
Outras são bravas, rebeldes, mordem quem se aproxima...
Geralmente tiveram Donos relapsos, foram maltratadas, ou são revoltadas por natureza. Tem a genética nisso também ( falo porque estudei animais).
Mas todas no fundo esperam e desejam um Dono.
E que este saiba como cuidar, educar e tratar de seu animalzinho de estimação.
Até as mais bravas (como eu) cedem a uma mão dominante.
Assim sigo esperando placidamente o dia que serei uma cadela com jóia.

Selinho.. o primeiro a gente nunca esquece!

Ganhei esse lindo selinho de minha queridissima amiga Pequena sub, ela é tão querida pra mim, que se algum dia eu tiver o poder de escolher uma irmã de coleira, será ela! Nos damos tão bem!
obrigada pelo selinho, pela consideração e pela amizade! bjss te adoro!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Cadela Carente...

A carência bate...que ironia...só ela me bate!!

Presente

Ganhei essa imagem do querido Sr Lukão...nem preciso dizer que gostei muito! Obrigada mais uma vez, posto aqui para que todos vejam o seu bom gosto.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Cadela Dançarina

Dançarei além dos Teus Sonhos
Além dos meus...
O envolverei com meus Quadris....
O hiptnotizarei com meu gingado...
Minhas pernas o enlaçarão...
Minhas mãos te Guiarão....
E eu sempre tão submissa....
Serei a Rainha do salão...
Junto á um Grande Rei....
Nessa dança amorosa, de prazer e êxtase...me perco em ti....e te perdes em mim....
Delícia de cheiros, de misturas, te texturas...peles morenas se envolvendo...suor se misturando...
E depois de tudo...volto quietinha pra meu cantinho de serva, feliz por ter brincado com a Majestade do meu coração.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

“Vem brincar comigo, propôs o príncipe, estou tão triste… – Eu não posso brincar contigo, disse a raposa. Não me cativaram ainda.” Pequeno Príncipe.
Pode ser que um dia, os seus Desejos se tornem as minhas ordens....
Porém enquanto isso...eu continuo Onça...rsrs

Cadela em local de trabalho


Assim todos os dias haverá hora extra...rsrs